Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Show L 70 min Sinopse Fotos Vídeos R$ 20,00 inteira
R$ 10,00 meia
Sinopse Fotos Vídeos

Tropicália 50 Anos
Nem Secos

Endereço

R. da Bahia, 2244
Lourdes - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

 

Temporada

Sexta 21h

21 de Julho de 2017

Ingressos

R$ 20,00 inteira
R$ 10,00 meia

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.
50% para clientes Bradesco.
15% para sócio do Minas Tênis Clube.
50% para clientes Porto Seguro.

Informações

-É expressamente proibido o consumo de alimentos e bebidas no interior do Teatro.
-Quando for permitido a entrada após o início do espetáculo perde-se o direito ao lugar marcado.
-Devolução de ingresso até 96hs antes do evento.

Show L 70 min

Tropicália 50 Anos Nem Secos

Teatro Bradesco BH

Lourdes - Belo Horizonte - MG

"No contexto da ditadura militar, a música brasileira se dividia entre a ultranacionalista canção de protesto, o iê-iê-iê adolescente da jovem guarda e as harmonizações elitistas pós bossa nova. A revolução estética e cultural tropicalista que revirou do avesso esse cenário foi fruto da ousadia e genialidade de artistas que desafiavam esses cânones estabelecidos: o grupo dos baianos que, além de Caetano Veloso e Gilberto Gil, incluía Gal Costa e Tom Zé, os jovens roqueiros paulistas dos Mutantes (Rita Lee, Arnaldo Baptista e Sérgio Dias), o maestro Rogério Duprat e os poetas Torquato Neto e Capinam.

No disco manifesto do movimento, “Tropicália” ou “Panis et Circencis” aparecem todos os elementos que marcaram essa quebra de paradigmas: o resgate da tradição popular brasileira tida como brega, a fusão da MPB com as experimentações sonoras do rock psicodélico e arranjos orquestrais de vanguarda e letras multifacetadas que traziam imagens da cultura de massas na recriação alegórica de um País com valores e ideologias em choque.

O ano de 1968, marcado por conflitos e protestos libertários em todo o mundo, terminou no Brasil com a promulgação do AI-5, cassando os direitos individuais. Entre os presos e exilados no período estavam Gil e Caetano. O silêncio forçado que se seguiu desarticulou a Tropicália como movimento, mas a efervescência criativa e a revolução dos costumes que caracterizou a explosão tropicalista deixou marcas perenes, influenciando de forma decisiva toda produção cultural brasileira posterior.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Outros Espetáculos

"Geminis Bee Gees" (Grande Teatro)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Belo Horizonte - MG

Show

Próxima apresentação

Quarta

13 de Dezembro

DNA - O Show com Banda Oficina G3 (Grande Teatro Unimed-BH)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Belo Horizonte - MG

Show

Próxima apresentação

Sexta

24 de Novembro

Em Cartaz Rodrigo Erê (Teatro de Câmara)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Belo Horizonte - MG

Show

Próxima apresentação

Quinta

07 de Dezembro

2001: Uma Odisseia no Espaço

Cine Theatro Brasil Vallourec

Belo Horizonte - MG

Cinema

Próxima apresentação

Quinta

23 de Novembro