Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Voltar para 23º Janeiro de Grandes Espetáculos Dança 12 45 min Inteira R$ 20,00 || Meia R$ 10,00

Microclima

Teatro Arraial

Boa Vista - Recife - PE

Endereço

Rua Aurora, 457
Boa Vista - Recife - PE

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(81) 2626-2605

Temporada

Terças 20h

17 a 24 de Janeiro de 2017

Ingressos

Inteira R$ 20,00 || Meia R$ 10,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.
50% para professores.

Ficha Técnica

A partir da dança, uma visão sobre estar numa cidade que parece o cenário de um filme distópico: ilhas de calor insuportáveis, trânsito caótico, a natureza que é menosprezada aumentando o mal-estar físico e mental, uma população vítima das políticas públicas e agente das suas próprias escolhas... Como disse René Char: “Movo-me numa paisagem onde revolução e amor fazem discursos desconcertantes”.

A partir da dança, uma visão sobre estar numa cidade que parece o cenário de um filme distópico: ilhas de calor insuportáveis, trânsito caótico, a natureza que é menosprezada aumentando o mal-estar físico e mental, uma população vítima das políticas públicas e agente das suas próprias escolhas... Como disse René Char: “Movo-me numa paisagem onde revolução e amor fazem discursos desconcertantes”.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Dança 12 45 min

Microclima

Teatro Arraial

Boa Vista - Recife - PE

A partir da dança, uma visão sobre estar numa cidade que parece o cenário de um filme distópico: ilhas de calor insuportáveis, trânsito caótico, a natureza que é menosprezada aumentando o mal-estar físico e mental, uma população vítima das políticas públicas e agente das suas próprias escolhas... Como disse René Char: “Movo-me numa paisagem onde revolução e amor fazem discursos desconcertantes”.