Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Romance 14 75 min R$ 70,00

Eu Te Amo

Endereço

R. da Bahia, 2244
Lourdes - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

 

Temporada

Sexta e Sábado 21h

28 a 29 de Julho de 2017

Ingressos

R$ 70,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.
50% para clientes Bradesco.
15% para sócio do Minas Tênis Clube.
50% para clientes Porto Seguro.

Preços

R$ 70,00 inteira
R$ 35,00 meia

Informações

-É expressamente proibido o consumo de alimentos e bebidas no interior do Teatro.
-Quando for permitido a entrada após o início do espetáculo perde-se o direito ao lugar marcado.
-Devolução de ingresso até 96hs antes do evento.

Amor, dor de amor, tesão, desejo, ilusão, sexo… coisas de todo mundo e de todos os tempos.

Eu te amo de Arnaldo Jabor é considerado um texto sexy. Não é. É um texto sobre a sexualidade. As vezes é drama, as vezes é comédia – é patético como nossa solidão afetiva.

Esta montagem reúne dois diretores de cinema, Rosane Svartman e Lírio Ferreira, em uma proporção incomum - dois diretores para dois atores: Sérgio Marone e Juliana Martins. Estreantes no teatro, Rosane e Lírio, transformam esse Eu te amo em um grande plano sequência, como um filme que se monta a cada dia no palco, no tempo, no ritmo dos atores e com a presença do público.

O espetáculo mostra a exposição de um casal, suas diferenças e questionamentos sobre o amor e os relacionamentos. Eu te amo fala de desejo e tesão momentâneos, mas também da carência que vem depois, de um certo vazio, da falta de amor, de rejeição. Uma peça sobre o que seria uma história de amor. Uma fantasia romântica sobre o desejo e a paixão.

A peça se dirige a homens e mulheres que buscam entender melhor o amor e o relacionamento de um casal.

Eu Te Amo conta a história de Paulo e Maria, dois derrotados pela vida, ou por si mesmos. Decepcionados com o amor e com a vida profissional, eles se encontram e se apaixonam enquanto fingem ser outras pessoas. Quando caem na real, quando são honestos um com o outro, qualquer vestígio de afeto acaba, ou talvez nada realmente tenha começado.


INTERNET
Paulo e Maria se conhecem pela internet, onde a ficção e a realidade notoriamente se confundem. Cada um com sua máscara, com seu nickname. Ela finge ser Mônica, uma garota de programa, ele diz que é rico. Mas eles não conseguem enganar um ao outro e nem a si mesmos por muito tempo.

PAULO
Paulo acabou de levar um pé na bunda clássico de Bárbara, atriz, com quem morou 3 anos. Ela foi embora há um mês e ele nem sai mais de casa, onde também funciona sua produtora de cinema falida. Ele se diz um cineasta interrompido sem dinheiro para nada. E fica por ali bebendo, navegando na internet e curtindo mulheres virtuais até que conhece Maria/Mônica.

MARIA
Maria se formou em Letras, mas não consegue emprego na área e trabalha como gerente de uma loja de chocolates. Seu único relacionamento “estável” é com um homem casado, um piloto de avião chamado Ulisses. De saco cheio da sua vida, ela resolve vestir o vestido do seu baile de debutante, fingir que é garota de programa e transar com o primeiro cara que aparecer: Paulo.

O texto que deu origem ao filme de 1981, se renova, não só por tratar de afetos contemporâneos como paixão, rejeição, desejo, carência, derrota, como também por brincar com a fronteira entre verdade e mentira, ficção e realidade, que é, praticamente o espírito da atualidade.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Romance 14 75 min

Eu Te Amo

Teatro Bradesco BH

Lourdes - Belo Horizonte - MG

Amor, dor de amor, tesão, desejo, ilusão, sexo… coisas de todo mundo e de todos os tempos.

Eu te amo de Arnaldo Jabor é considerado um texto sexy. Não é. É um texto sobre a sexualidade. As vezes é drama, as vezes é comédia – é patético como nossa solidão afetiva.

Esta montagem reúne dois diretores de cinema, Rosane Svartman e Lírio Ferreira, em uma proporção incomum - dois diretores para dois atores: Sérgio Marone e Juliana Martins. Estreantes no teatro, Rosane e Lírio, transformam esse Eu te amo em um grande plano sequência, como um filme que se monta a cada dia no palco, no tempo, no ritmo dos atores e com a presença do público.

O espetáculo mostra a exposição de um casal, suas diferenças e questionamentos sobre o amor e os relacionamentos. Eu te amo fala de desejo e tesão momentâneos, mas também da carência que vem depois, de um certo vazio, da falta de amor, de rejeição. Uma peça sobre o que seria uma história de amor. Uma fantasia romântica sobre o desejo e a paixão.

A peça se dirige a homens e mulheres que buscam entender melhor o amor e o relacionamento de um casal.

Eu Te Amo conta a história de Paulo e Maria, dois derrotados pela vida, ou por si mesmos. Decepcionados com o amor e com a vida profissional, eles se encontram e se apaixonam enquanto fingem ser outras pessoas. Quando caem na real, quando são honestos um com o outro, qualquer vestígio de afeto acaba, ou talvez nada realmente tenha começado.


INTERNET
Paulo e Maria se conhecem pela internet, onde a ficção e a realidade notoriamente se confundem. Cada um com sua máscara, com seu nickname. Ela finge ser Mônica, uma garota de programa, ele diz que é rico. Mas eles não conseguem enganar um ao outro e nem a si mesmos por muito tempo.

PAULO
Paulo acabou de levar um pé na bunda clássico de Bárbara, atriz, com quem morou 3 anos. Ela foi embora há um mês e ele nem sai mais de casa, onde também funciona sua produtora de cinema falida. Ele se diz um cineasta interrompido sem dinheiro para nada. E fica por ali bebendo, navegando na internet e curtindo mulheres virtuais até que conhece Maria/Mônica.

MARIA
Maria se formou em Letras, mas não consegue emprego na área e trabalha como gerente de uma loja de chocolates. Seu único relacionamento “estável” é com um homem casado, um piloto de avião chamado Ulisses. De saco cheio da sua vida, ela resolve vestir o vestido do seu baile de debutante, fingir que é garota de programa e transar com o primeiro cara que aparecer: Paulo.

O texto que deu origem ao filme de 1981, se renova, não só por tratar de afetos contemporâneos como paixão, rejeição, desejo, carência, derrota, como também por brincar com a fronteira entre verdade e mentira, ficção e realidade, que é, praticamente o espírito da atualidade.