Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Show L R$ 80.00

Celia e Celma
Duas Vidas pela Arte

Teatro Itália

República - São Paulo - SP

Endereço

Av. Ipiranga, 344
República - São Paulo - SP

ver google maps

Temporada

Quarta 21h

06 de Junho de 2018

Ingressos

R$ 80.00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

As cantoras Celia e Celma comemoram 50 anos ininterruptos de carreira artística.

O show, com a retrospectiva da brilhante e diversificada trajetória das gêmeas, será no Teatro Itália, em São Paulo, no dia 06 de junho de 2018.

Durante o espetáculo, serão projetados vídeos e fotos de momentos significativos dessa carreira, repleta de fatos e personagens marcantes.

Morando na cidade natal, Ubá (MG), depois de formadas como professoras, ainda jovens, Celia e Celma partiram para o Rio, apesar da resistência da família.

Contam como foram contratadas para o programa de maior sucesso daqueles tempos,
exibido na TV Rio / Canal 13, o MOACYR FRANCO SHOW (1967). No programa, são as Gêmeas Bond e posteriormente na TV Globo, seguem no PROGRAMA MOACYR FRANCO (1972).

A TURMA DA PESADA, de Carlos Imperial, da qual fizeram parte, também será focada.

Nesse período, prestam vestibular no Instituto Villa Lobos, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1970). Saíram diplomadas em Licenciatura em Música.

A temporada no JAPÃO, na casa Saci Pererê, foi um tempo digno de ser lembrado.
............................................

Alguns artistas participarão do espetáculo, como:

Wilson Simoninha – para lembrar o tempo em que Celia e Celma dividiram o palco com o pai dele, o cantor Wilson Simonal, na glamorosa noite paulistana dos anos de 1980.

Para homenagear Cauby Peixoto, com quem trabalharam por três anos, também na década de 1980, as gêmeas convidaram Altemar Dutra Jr.
Serão acompanhados pelo pianista e maestro Aluízio Pontes, seu músico na época, que também assina a direção musical do espetáculo.

As irmãs contam de quando receberam o convite para serem as personagens “Luminada e Luminosa”, na novela “A História de Ana Raio e Zé Trovão” (1990) da TV Manchete.

O universo da música regional que abraçaram, lembrando sua origem, o interior de Minas, terá como representantes suas amigas e inspiradoras, As Galvão.

Celia e Celma apresentaram por dez anos um programa no Canal Rural, onde receberam inúmeros artistas desse segmento regional/caipira.

A música que gravaram com Renato Teixeira, o clássico Pé de Ipê, (de Tonico e Tinoco), será cantada pelos três.

A carreira de Celia e Celma seguiu, com elas se dedicando ao estudo mais profundo de nossa cultua popular, lançando discos e livros.

Seu mais recente CD “Canto com C”, recebeu quatro pré-indicações ao Grammy Latino. A capa do CD é uma criação de Ziraldo.

Há dois anos Celia e Celma participam do espetáculo do Ballet Stagium “O Canto da Minha Terra”, sobre a obra de Ary Barroso, conterrâneo das duas.

Recentemente ministraram um curso no Sesc Pinheiros, sobre ritmos da cultura popular e do nosso folclore.

São experiências únicas, vividas por duas mulheres artistas, com uma história rica em conteúdo e acontecimentos inusitados, atravessando tantas décadas.

O acompanhamento musical terá ainda Álvaro Couto no acordeom, Adriano Busko na percuteria, Giovanni Matarazzo no violão e na viola e no baixo acústico, Peter Mesquita.

Produção: Daniel Amabile

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Show L

Celia e Celma Duas Vidas pela Arte

Teatro Itália

República - São Paulo - SP

As cantoras Celia e Celma comemoram 50 anos ininterruptos de carreira artística.

O show, com a retrospectiva da brilhante e diversificada trajetória das gêmeas, será no Teatro Itália, em São Paulo, no dia 06 de junho de 2018.

Durante o espetáculo, serão projetados vídeos e fotos de momentos significativos dessa carreira, repleta de fatos e personagens marcantes.

Morando na cidade natal, Ubá (MG), depois de formadas como professoras, ainda jovens, Celia e Celma partiram para o Rio, apesar da resistência da família.

Contam como foram contratadas para o programa de maior sucesso daqueles tempos,
exibido na TV Rio / Canal 13, o MOACYR FRANCO SHOW (1967). No programa, são as Gêmeas Bond e posteriormente na TV Globo, seguem no PROGRAMA MOACYR FRANCO (1972).

A TURMA DA PESADA, de Carlos Imperial, da qual fizeram parte, também será focada.

Nesse período, prestam vestibular no Instituto Villa Lobos, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1970). Saíram diplomadas em Licenciatura em Música.

A temporada no JAPÃO, na casa Saci Pererê, foi um tempo digno de ser lembrado.
............................................

Alguns artistas participarão do espetáculo, como:

Wilson Simoninha – para lembrar o tempo em que Celia e Celma dividiram o palco com o pai dele, o cantor Wilson Simonal, na glamorosa noite paulistana dos anos de 1980.

Para homenagear Cauby Peixoto, com quem trabalharam por três anos, também na década de 1980, as gêmeas convidaram Altemar Dutra Jr.
Serão acompanhados pelo pianista e maestro Aluízio Pontes, seu músico na época, que também assina a direção musical do espetáculo.

As irmãs contam de quando receberam o convite para serem as personagens “Luminada e Luminosa”, na novela “A História de Ana Raio e Zé Trovão” (1990) da TV Manchete.

O universo da música regional que abraçaram, lembrando sua origem, o interior de Minas, terá como representantes suas amigas e inspiradoras, As Galvão.

Celia e Celma apresentaram por dez anos um programa no Canal Rural, onde receberam inúmeros artistas desse segmento regional/caipira.

A música que gravaram com Renato Teixeira, o clássico Pé de Ipê, (de Tonico e Tinoco), será cantada pelos três.

A carreira de Celia e Celma seguiu, com elas se dedicando ao estudo mais profundo de nossa cultua popular, lançando discos e livros.

Seu mais recente CD “Canto com C”, recebeu quatro pré-indicações ao Grammy Latino. A capa do CD é uma criação de Ziraldo.

Há dois anos Celia e Celma participam do espetáculo do Ballet Stagium “O Canto da Minha Terra”, sobre a obra de Ary Barroso, conterrâneo das duas.

Recentemente ministraram um curso no Sesc Pinheiros, sobre ritmos da cultura popular e do nosso folclore.

São experiências únicas, vividas por duas mulheres artistas, com uma história rica em conteúdo e acontecimentos inusitados, atravessando tantas décadas.

O acompanhamento musical terá ainda Álvaro Couto no acordeom, Adriano Busko na percuteria, Giovanni Matarazzo no violão e na viola e no baixo acústico, Peter Mesquita.

Produção: Daniel Amabile