Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Comédia 14 80 min De R$ 30,00 à R$ 60,00

Amigas Pero no Mucho

Endereço

Alameda Santos, 2233
Jardins - São Paulo - SP

ver google maps

Temporada

Sábado às 19h00 e Domingo às 20h00

24 de Março a 24 de Junho de 2018

Ingressos

De R$ 30,00 à R$ 60,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

Valores

R$ 60,00 inteira
R$ 30,00 meia

Ficha Técnica:

AUTORA: Célia Forte
DIREÇÃO GERAL e FIGURINOS: José Possi Neto
TRILHA COMPOSTA: Miguel Briamonte

ELENCO:
Elias Andreato
Leandro Luna
Raphael Gama
Sérgio Rufino

PIANO AO VIVO: Anderson Beltrão
MÚSICA “Amigas pero para siempre” - dueto (versão livre) Elias Andreato
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: Denise Fraga voz em off
CENÁRIO: Jean-Pierre Tortil
SAPATOS: Fernando Pires
ILUMINAÇÃO: Wagner Freire
DIREÇÃO DE MOVIMENTO: Vivien Buckup
SUPERVISÃO CENOGRÁFICA: Luís Rossi
EXECUÇÃO CENOGRÁFICA: FCR Produções Artísticas
PERUCAS: Adriana Almeida

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Daniela Bustos, Beth Gallo e Thaís Peres – Morente Forte Comunicações
PROGRAMAÇÃO VISUAL: Vicka Suarez
ADAPTAÇÃO DE ARTE VISUAL Erik Almeida
FILMAGENS E EDIÇÕES PARA WEB: Jady Forte - Desteatrando
MÍDIAS SOCIAIS: Dani Angelotti e Luciano Angelotti – Cuboweb
FOTOS: João Caldas Fº
ASSISTENTE DE FOTOGRAFIA Andréia Machado

COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO: Egberto Simões
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Martha Lozano
ASSISTENCIA DE PRODUÇÃO: Bárbara Santos e Jady Forte
ASSISTENCIA ADMINISTRATIVA: Alcení Braz
ADMINISTRAÇÃO: Magali Morente Lopes

PRODUTORA: Selma Morente
REALIZAÇÃO: Morente Forte Produções Teatrais
PATROCÍNIO: Seguros Unimed

Comédia irreverente volta ao Teatro Renaissance, onde fez sua estreia 11 anos atrás, para apresentações aos sábados e domingos

Em fevereiro de 2007, Amigas, pero no mucho, comédia de Célia Forte estreava no Teatro Renaissance inaugurando o horário da meia noite. O sucesso foi tanto com elenco de atores interpretando as quatro amigas, que por cinco anos percorreu vários teatros de São Paulo, com temporada também no Rio de Janeiro. Ganhou montagem baiana, com apresentações em várias capitais do nordeste e Angola. Tem seu texto traduzido para o espanhol, alemão e inglês. Onze anos depois, as amigas voltam ao Teatro Renaissance com apresentações aos sábados e domingos, até 24 de Junho.

Desde então, mais de 130 mil pessoas riram com as incríveis situações criadas pela jornalista Célia Regina Forte sobre quatro mulheres da nossa época que tentam dar conta de tudo: do cotidiano, do corpo, da mente, do trabalho, da família e da amizade, causando inusitadas situações típicas do universo feminino.

Com direção de José Possi Neto e composição musical de Miguel Briamonte, essa epopeia se dá através do encontro de quatro amigas em uma tarde de sábado, onde todas – ou quase todas – as roupas sujas são lavadas por elas. Com humor cáustico, ironia e irreverência, elas falam sobre suas dissimulações, devaneios e loucuras. Quatro mulheres bem-sucedidas - ou não - comuns e sofisticadas que numa única tarde fazem revelações que as surpreendem e surpreendem o público que tem lotado todos os teatros por onde elas passam. Mulheres que se amam e se odeiam ao mesmo tempo. Amigas, enfim.

Amigas, pero no mucho, faz história no cenário da comédia brasileira por sua capacidade em fazer plateias se divertirem e se reconhecerem numa das quatro personagens:

Elias Andreato é Fram, 50 anos - Divorciada, dois filhos que moram com o pai. É a mais velha das quatro amigas. Já passou dos 50 anos, mas quer parecer 30. Ninfomaníaca. Fala muito palavrão quando está sozinha, em público jamais. Faz meditação, mas quando está com raiva, tem tiques nervosos.

Leandro Luna é Sara, 35 anos - Solteira. Executiva. A mais reservada. Parece ser fria, mas esconde grande esperança. Fuma descontroladamente. Não perdoa as amigas, mas pouco se importa com a opinião dos outros. Desconfiada. Odeia as hipocrisias de Fram.

Raphael Gama é Debora, 40 anos - Divorciada, sem filhos. Inteligente, perspicaz, irônica, mas tipo dona da verdade. Sempre tem uma consideração a fazer, tentando que sua opinião prevaleça. Idealiza o amor. Come compulsivamente.

Sérgio Rufino é Olívia, 40 anos - Casada com filhos. Foi rica, não é mais. Tem que dirigir sua VAN que leva crianças para a escola. Julga-se sempre perseguida. Está sempre perguntando: O que vocês estão falando de mim? Exalta o marido, Alfredo, para as amigas.


*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Comédia 14 80 min

Amigas Pero no Mucho

Teatro Renaissance

Jardins - São Paulo - SP

Comédia irreverente volta ao Teatro Renaissance, onde fez sua estreia 11 anos atrás, para apresentações aos sábados e domingos

Em fevereiro de 2007, Amigas, pero no mucho, comédia de Célia Forte estreava no Teatro Renaissance inaugurando o horário da meia noite. O sucesso foi tanto com elenco de atores interpretando as quatro amigas, que por cinco anos percorreu vários teatros de São Paulo, com temporada também no Rio de Janeiro. Ganhou montagem baiana, com apresentações em várias capitais do nordeste e Angola. Tem seu texto traduzido para o espanhol, alemão e inglês. Onze anos depois, as amigas voltam ao Teatro Renaissance com apresentações aos sábados e domingos, até 24 de Junho.

Desde então, mais de 130 mil pessoas riram com as incríveis situações criadas pela jornalista Célia Regina Forte sobre quatro mulheres da nossa época que tentam dar conta de tudo: do cotidiano, do corpo, da mente, do trabalho, da família e da amizade, causando inusitadas situações típicas do universo feminino.

Com direção de José Possi Neto e composição musical de Miguel Briamonte, essa epopeia se dá através do encontro de quatro amigas em uma tarde de sábado, onde todas – ou quase todas – as roupas sujas são lavadas por elas. Com humor cáustico, ironia e irreverência, elas falam sobre suas dissimulações, devaneios e loucuras. Quatro mulheres bem-sucedidas - ou não - comuns e sofisticadas que numa única tarde fazem revelações que as surpreendem e surpreendem o público que tem lotado todos os teatros por onde elas passam. Mulheres que se amam e se odeiam ao mesmo tempo. Amigas, enfim.

Amigas, pero no mucho, faz história no cenário da comédia brasileira por sua capacidade em fazer plateias se divertirem e se reconhecerem numa das quatro personagens:

Elias Andreato é Fram, 50 anos - Divorciada, dois filhos que moram com o pai. É a mais velha das quatro amigas. Já passou dos 50 anos, mas quer parecer 30. Ninfomaníaca. Fala muito palavrão quando está sozinha, em público jamais. Faz meditação, mas quando está com raiva, tem tiques nervosos.

Leandro Luna é Sara, 35 anos - Solteira. Executiva. A mais reservada. Parece ser fria, mas esconde grande esperança. Fuma descontroladamente. Não perdoa as amigas, mas pouco se importa com a opinião dos outros. Desconfiada. Odeia as hipocrisias de Fram.

Raphael Gama é Debora, 40 anos - Divorciada, sem filhos. Inteligente, perspicaz, irônica, mas tipo dona da verdade. Sempre tem uma consideração a fazer, tentando que sua opinião prevaleça. Idealiza o amor. Come compulsivamente.

Sérgio Rufino é Olívia, 40 anos - Casada com filhos. Foi rica, não é mais. Tem que dirigir sua VAN que leva crianças para a escola. Julga-se sempre perseguida. Está sempre perguntando: O que vocês estão falando de mim? Exalta o marido, Alfredo, para as amigas.