Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Experimental 12 75 min R$ 15,00 a R$ 30,00

Fora Desse Mundo

Endereço

Praça Franklin Roosvelt, 158
Centro - São Paulo - SP

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(11) 2122-4001

Temporada

Quarta e Quinta 21h

12 de Julho a 10 de Agosto de 2017

Ingressos

R$ 15,00 a R$ 30,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

Ficha Técnica

Texto: Criação colaborativa do grupo Arca baseada na obra de Arthur Haroyan
Elenco: Ana Paula Inácio, Arthur Haroyan, Fábio Parpinelli, Gustavo Vierling, Júlia Marques, Pedro Reis. Cenário,
Roteiro e Direção: Kleber Góes
Direção de Movimento e Preparação Corporal: Fábio Parpinelli
O Vocabulário do Corpo: Sheylli Caleffi
Consultoria de cenário: Jeff Celophane Ateliê
Cenário: Genival Marcenaria
Cenotécnico: José Carlos S. Góes
Traquitana Cênica/Exaustor: Héctor López Girondo
Iluminação: Bruno Garcia
Montagem e Operacão de Luz: Nádia Hinz
Figurinos e Adereços: O Grupo Arca
Maquiágem: Daniel Carvalho
Composição e Interferências Sonora: Kleber Góes Cena das Almas: Desencarnar | Lineker
Financiamento Coletivo | Kickante
Edição de Vídeo: Rodrigo Briones
Fotografia e Direção do Vídeo: Raquel Beolchi
Assessor da imprensa: Leandro Lei Lima
REALIZAÇÃO: UGAB (União Geral Armênia de Beneficência)

Valores

R$ 30,00 inteira
R$ 15,00 meia

O GRUPO ARCA - QUEM SOMOS? O Grupo Arca inicia sua história através da Armênia, seu idealizador Arthur Haroyan trouxe na bagagem a aspiração de transformar as dores da história de seu país em arte. O primeiro espetáculo “1915”, que tem como pano de fundo o Genocídio Armênio (considerado pelos historiadores o primeiro genocídio do século XX), atrocidades e violentas esquecidas na história mundial. Este projeto realizou sua primeira temporada no Viga Espaço Cênico, de outubro a dezembro de 2012. Em 2015, a pedido do Consulado Nacional Armênio, CNA, realizou três temporadas na cidade de São Paulo rememorando os 100 anos deste acontecimento. Agora o Grupo verticaliza seu processo de pesquisa e cria o espetáculo "Fora Desse Mundo" que estreou no Festival de Curitiba, na mostra paralela "Fringe".

SOBRE O ESPETÁCULO
O segundo espetáculo do grupo, Fora Desse Mundo propõe uma reflexão sobre relações de poder, sexo, amor e morte, desejos e devaneios íntimos. Originalmente o texto, escrito por Arthur Haroyan, relatava a vida de 6 personagens que viviam reclusas em um lugar não específico e assistidos por um médico excêntrico e de caráter duvidoso. Sobre o olhar do diretor Kleber Góes foi proposto um trabalho contemporâneo, de múltiplas linguagens como mímica, dança, manipulação de objetos cotidianos, ação verbal e depoimentos íntimos dos atores criando uma atmosfera mais poética e sensorial. Um projeto que difundi as artes plásticas e conversa com o teatro e a dança, onde gestualidade têm papel primordial na comunicação com o espectador. Aborda as relações humanas, ficção e realidade se misturam através do imaginário e da concretude, deste não lugar onde estas pessoas aparentemente.

“A ideia da peça surgiu durante a minha viagem pra as montanhas de Cáucaso. Eu estava buscando histórias novas, relatos, crônicas para meu texto novo. Essa busca me levou para uma pequena aldeia onde os seus moradores viviam como se fosse fora desse mundo. Era uma comunidade com as suas próprias regras da vida, repletas de relações, de poder, amor, ódio, sexo e morte, sem tempo e sem relógio, onde cada pequena ausência é uma eternidade”, diz o autor do texto Arthur Haroyan

“Como resposta, chegamos a um espetáculo onde a fiscalidade do ator num primeiro plano e apoia a dramaturgia. Mímica, dança, aparece manipulação de objetos cotidianos, ação verbal e depoimentos íntimos dos atores criam uma atmosfera mais poética e sensorial. A flexibilidade na busca de referências, a liberdade de expressão criativa fiel à experimentação e risco, transformam o texto original em uma mistura de fragmentos de diários íntimos e personagens inventadas”, diz o diretor Kleber Góes

SINOPSE:
Situada em uma realidade paralela, seis pessoas vivem os assombros de suas lembranças. Cada uma carrega suas inquietações, suas razões e o porquê de estar em isolamento.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Experimental 12 75 min

Fora Desse Mundo

Espaço Parlapatões

Centro - São Paulo - SP

O GRUPO ARCA - QUEM SOMOS? O Grupo Arca inicia sua história através da Armênia, seu idealizador Arthur Haroyan trouxe na bagagem a aspiração de transformar as dores da história de seu país em arte. O primeiro espetáculo “1915”, que tem como pano de fundo o Genocídio Armênio (considerado pelos historiadores o primeiro genocídio do século XX), atrocidades e violentas esquecidas na história mundial. Este projeto realizou sua primeira temporada no Viga Espaço Cênico, de outubro a dezembro de 2012. Em 2015, a pedido do Consulado Nacional Armênio, CNA, realizou três temporadas na cidade de São Paulo rememorando os 100 anos deste acontecimento. Agora o Grupo verticaliza seu processo de pesquisa e cria o espetáculo "Fora Desse Mundo" que estreou no Festival de Curitiba, na mostra paralela "Fringe".

SOBRE O ESPETÁCULO
O segundo espetáculo do grupo, Fora Desse Mundo propõe uma reflexão sobre relações de poder, sexo, amor e morte, desejos e devaneios íntimos. Originalmente o texto, escrito por Arthur Haroyan, relatava a vida de 6 personagens que viviam reclusas em um lugar não específico e assistidos por um médico excêntrico e de caráter duvidoso. Sobre o olhar do diretor Kleber Góes foi proposto um trabalho contemporâneo, de múltiplas linguagens como mímica, dança, manipulação de objetos cotidianos, ação verbal e depoimentos íntimos dos atores criando uma atmosfera mais poética e sensorial. Um projeto que difundi as artes plásticas e conversa com o teatro e a dança, onde gestualidade têm papel primordial na comunicação com o espectador. Aborda as relações humanas, ficção e realidade se misturam através do imaginário e da concretude, deste não lugar onde estas pessoas aparentemente.

“A ideia da peça surgiu durante a minha viagem pra as montanhas de Cáucaso. Eu estava buscando histórias novas, relatos, crônicas para meu texto novo. Essa busca me levou para uma pequena aldeia onde os seus moradores viviam como se fosse fora desse mundo. Era uma comunidade com as suas próprias regras da vida, repletas de relações, de poder, amor, ódio, sexo e morte, sem tempo e sem relógio, onde cada pequena ausência é uma eternidade”, diz o autor do texto Arthur Haroyan

“Como resposta, chegamos a um espetáculo onde a fiscalidade do ator num primeiro plano e apoia a dramaturgia. Mímica, dança, aparece manipulação de objetos cotidianos, ação verbal e depoimentos íntimos dos atores criam uma atmosfera mais poética e sensorial. A flexibilidade na busca de referências, a liberdade de expressão criativa fiel à experimentação e risco, transformam o texto original em uma mistura de fragmentos de diários íntimos e personagens inventadas”, diz o diretor Kleber Góes

SINOPSE:
Situada em uma realidade paralela, seis pessoas vivem os assombros de suas lembranças. Cada uma carrega suas inquietações, suas razões e o porquê de estar em isolamento.