Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Musical L 50 min R$ 40,00

2ª Edição Mostra Cine Brasil de Teatro e Música apresenta Mineiramente do Grupo Ponto de Partida
(Grande Teatro Unimed BH)

Endereço

Avenida Amazonas, 315
Centro - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(31) 2626-1251

Temporada

Sábado 21h

14 de Outubro de 2017

Ingressos

R$ 40,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.


* A carteira de estudante obrigatoriamente deve ser apresentada no acesso ao espetáculo e no ato da compra pela bilheteria. Não são aceitos boletos e comprovantes de matricula.

Valores

R$ 40,00 inteira
R$ 20,00 meia

Ficha Técnica

Concepção e direção - Regina Bertola
Direção musical e arranjos – Felipe Moreira
Preparação vocal - Babaya
Figurino – Alexandre Rousset e Tereza Bruzzi
Cenário – Ponto de Partida
Iluminação, técnico e operador de luz - Rony Rodrigues
Criação gráfica – Pablo Bertola
Produção – Fatima Jorge e Karine Montenegro
Direção de Produção – Júlia Medeiros e Pablo Bertola
Administração - Dulce Dias e Fernanda Fróes
Realização - Ponto de Partida

Informaões

-É expressamente proibido o consumo de alimentos no interior do teatro
-Perde-se o direito ao lugar marcado após o início da sessão

Estacionamento

Estacione, localizado na Rua Espírito Santos, nº 625.

Em dias de espetáculos, de segunda a domingo, o público do Cine Theatro Brasil Vallourec poderá deixar o veículo no Estacione a partir das 19h ao preço fixo de R$ 15,00. É necessária a apresentação do ingresso do espetáculo para poder usudruir do valor conveniado. O Visitante tem até 1 hora após o evento para retirar o veículo do estacionamento.

No fins de semana, o visitante poderá estacionar 1 hora antes do espetáculo e sair 1 hora depois, a utilização do estacionamento fora desse período irá gerar cobrança de acordo com a tabeça de preços da Estacione.

A entrada principal do estacionamento conveniado é a da Rua Espírito Santo. No entanto, decorrido mais de 1 hora após o término do espetáculo, o visitante terá acesso por outra entrada, a Rua da Bahia, 600.

O estacionamento somente trabalha com dinheiro.
O ticket do teatro deve ser impresso (papel ingresso ou folha simples) e entregue ao funcionário do estacionamento na retirada do veículo.

Estacionamento na Rua
Para os visitantes que desejam estacionar os veículos na ruas próximos ao Cine Theatro Brasil Vallourec, a BH Trans liberou as seguintes vias:

Canteiro Central da Avenida Amazonas, no quarteirão do cine Brasil (nos dois sentidos).
Canteiro Central da avenida Afonso Pena, em frente ao Cine Brasil (sentido rodoviária/mangabeiras)

"Ponto de Partida
em
MINEIRAMENTE


A serra ali corre torta. Faz ponta. Os gerais correm em volta.
Esses gerais são sem tamanho.
Guimarães Rosa

ESPETÁCULO
Ninguém sabe Minas. Só mineiros sabem e não dizem nem a si mesmos o irrevelável segredo chamado Minas.
Carlos Drummond de Andrade

MINEIRAMENTE, abraçado pela poesia de Drummond, a fala de Guimarães Rosa, a música de Milton Nascimento, Fernando Brant, Tavinho Moura e a emoção única de ocuparmos o nosso lugar, com certeza elenco e plateia cantarão juntos , mineiramente: sou do mundo, sou Minas Gerais.

Com uma estrutura cênica simples, sua encenação é construída pelo trabalho dos atores e pela música. Em seus tons minerais deixa aflorar o sentimento de pertencimento, de identidade, de construção do onírico e do novo. A música se faz ao vivo numa formação com clarineta, piano, bateria e vozes.
ROTEIRO

Antífona Salve Regina – José Emérico Lobo de Mesquita
Músicas de Procissão – Domínio Público
Beco do Mota – Milton Nascimento
Gagabirô – João Bosco
Roda rodei – Domínio Público
Os quindim de Iaiá/É do balacobaco – Ary Barroso
Notícias do Brasil – Milton Nascimento e Fernando Brant
Roupa Nova - Milton Nascimento e Fernando Brant
Itamarandiba - Milton Nascimento e Fernando Brant
Ponta de Areia - Milton Nascimento e Fernando Brant
Nossa Cidade – Gilvan de Oliveira e Fernando Brant
Menino que tanto chora – Domínio Público
Casa Aberta – Flávio Henrique e Chico Amaral
Minas da Lua – Gildes Bezerra
Moreninha se eu te pedisse – Domínio Público
Paula e Bebeto – Milton Nascimento e Caetano Veloso
Fazenda – Nelson Ângelo
Mina – Beto Dourah
Para Lennon e McCartney – Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant
Louva-a-deus - Milton Nascimento e Fernando Brant
Encontro das Águas – Tavinho Moura e Fernando Brant

ELENCO

Ana Alice Souza
Carolina Damasceno
Érica Elke
João Melo
Júlia Medeiros
Lido Loschi
Pablo Bertola
Regina Bertola
Renato Neves
Ronaldo Pereira
Soraia Moraes



MÚSICOS
Felipe Moreira - piano
Caetano Brasil – clarinete e sax
Gladston Vieira - bateria

PONTO DE PARTIDA

Com 37 anos de atuação, o grupo Ponto de Partida sistematizou processos e métodos de criação e produção, conquistou parcerias e construiu um dos mais consistentes repertórios do teatro nacional. O grupo tem 20 profissionais em exercício permanente, 31 espetáculos montados e apresentações em todo o Brasil, em países da África, da Europa e América do Sul.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Musical L 50 min

2ª Edição Mostra Cine Brasil de Teatro e Música apresenta Mineiramente do Grupo Ponto de Partida (Grande Teatro Unimed BH)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Centro - Belo Horizonte - MG

"Ponto de Partida
em
MINEIRAMENTE


A serra ali corre torta. Faz ponta. Os gerais correm em volta.
Esses gerais são sem tamanho.
Guimarães Rosa

ESPETÁCULO
Ninguém sabe Minas. Só mineiros sabem e não dizem nem a si mesmos o irrevelável segredo chamado Minas.
Carlos Drummond de Andrade

MINEIRAMENTE, abraçado pela poesia de Drummond, a fala de Guimarães Rosa, a música de Milton Nascimento, Fernando Brant, Tavinho Moura e a emoção única de ocuparmos o nosso lugar, com certeza elenco e plateia cantarão juntos , mineiramente: sou do mundo, sou Minas Gerais.

Com uma estrutura cênica simples, sua encenação é construída pelo trabalho dos atores e pela música. Em seus tons minerais deixa aflorar o sentimento de pertencimento, de identidade, de construção do onírico e do novo. A música se faz ao vivo numa formação com clarineta, piano, bateria e vozes.
ROTEIRO

Antífona Salve Regina – José Emérico Lobo de Mesquita
Músicas de Procissão – Domínio Público
Beco do Mota – Milton Nascimento
Gagabirô – João Bosco
Roda rodei – Domínio Público
Os quindim de Iaiá/É do balacobaco – Ary Barroso
Notícias do Brasil – Milton Nascimento e Fernando Brant
Roupa Nova - Milton Nascimento e Fernando Brant
Itamarandiba - Milton Nascimento e Fernando Brant
Ponta de Areia - Milton Nascimento e Fernando Brant
Nossa Cidade – Gilvan de Oliveira e Fernando Brant
Menino que tanto chora – Domínio Público
Casa Aberta – Flávio Henrique e Chico Amaral
Minas da Lua – Gildes Bezerra
Moreninha se eu te pedisse – Domínio Público
Paula e Bebeto – Milton Nascimento e Caetano Veloso
Fazenda – Nelson Ângelo
Mina – Beto Dourah
Para Lennon e McCartney – Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant
Louva-a-deus - Milton Nascimento e Fernando Brant
Encontro das Águas – Tavinho Moura e Fernando Brant

ELENCO

Ana Alice Souza
Carolina Damasceno
Érica Elke
João Melo
Júlia Medeiros
Lido Loschi
Pablo Bertola
Regina Bertola
Renato Neves
Ronaldo Pereira
Soraia Moraes



MÚSICOS
Felipe Moreira - piano
Caetano Brasil – clarinete e sax
Gladston Vieira - bateria

PONTO DE PARTIDA

Com 37 anos de atuação, o grupo Ponto de Partida sistematizou processos e métodos de criação e produção, conquistou parcerias e construiu um dos mais consistentes repertórios do teatro nacional. O grupo tem 20 profissionais em exercício permanente, 31 espetáculos montados e apresentações em todo o Brasil, em países da África, da Europa e América do Sul.