Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Show L 70 min R$ 20,00

Dois Lados
(Teatro de Câmara)

Endereço

Avenida Amazonas, 315
Centro - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(31) 2626-1251

Temporada

Terça 20h

04 de Julho de 2017

Ingressos

R$ 20,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

* A carteira de estudante obrigatoriamente deve ser apresentada no acesso ao espetáculo e no ato da compra pela bilheteria. Não são aceitos boletos e comprovantes de matricula.

Valores

R$ 20,00 inteira
R$ 10,00 meia

Estacionamento

Estacione, localizado na Rua Espírito Santos, nº 625.

Em dias de espetáculos, de segunda a domingo, o público do Cine Theatro Brasil Vallourec poderá deixar o veículo no Estacione a partir das 19h ao preço fixo de R$ 15,00. É necessária a apresentação do ingresso do espetáculo para poder usudruir do valor conveniado. O Visitante tem até 1 hora após o evento para retirar o veículo do estacionamento.

No fins de semana, o visitante poderá estacionar 1 hora antes do espetáculo e sair 1 hora depois, a utilização do estacionamento fora desse período irá gerar cobrança de acordo com a tabeça de preços da Estacione.

A entrada principal do estacionamento conveniado é a da Rua Espírito Santo. No entanto, decorrido mais de 1 hora após o término do espetáculo, o visitante terá acesso por outra entrada, a Rua da Bahia, 600.

O estacionamento somente trabalha com dinheiro.
O ticket do teatro deve ser impresso (papel ingresso ou folha simples) e entregue ao funcionário do estacionamento na retirada do veículo.

Estacionamento na Rua
Para os visitantes que desejam estacionar os veículos na ruas próximos ao Cine Theatro Brasil Vallourec, a BH Trans liberou as seguintes vias:

Canteiro Central da Avenida Amazonas, no quarteirão do cine Brasil (nos dois sentidos).
Canteiro Central da avenida Afonso Pena, em frente ao Cine Brasil (sentido rodoviária/mangabeiras)

Informações

-É expressamente proibido o consumo de alimentos no interior do teatro
-Perde-se o direito ao lugar marcado após o início da sessão.

"Guilherme Ventura apresenta seu álbum de estreia “Dois Lados”
com show no Cine Theatro Brasil Vallourec

O compositor e multi-instrumentista Guilherme Ventura lança seu primeiro disco em show no Cine Theatro Brasil Vallourec, no dia 04 de julho, às 20h, com ingressos a R$20,00

O compositor e multi-instrumentista Guilherme Ventura lança seu primeiro disco em show no próximo dia 04 de julho, às 20h, no Cine Theatro Brasil Vallourec. Tanto o show ao vivo quanto o disco “Dois Lados” são um convite a um passeio pelo lírico, pelo groove e pelo poético - características marcantes de Guilherme Ventura nesse trabalho que mescla o cuidado na poesia e na beleza harmônica com a pressão do swing.

O artista

Guilherme Ventura é um compositor e multi-instrumentista. Inicialmente se aprofundou na música como autodidata e só aos 24 anos estudou música na Fundação de Educação Artística e mais tarde na Bituca - Universidade de Música Popular, tendo como mestres o violonista Gilvan de Oliveira e o maestro Ian Guest. Em sua discografia possui o disco “Bucadim de Samba” (2007) gravado com a Banda Cirandeiros. Em 2017 lança “Dois Lados”, seu primeiro álbum.

O álbum
Intitulado “Dois Lados”, o primeiro álbum de Guilherme Ventura é a síntese da essência da busca do artista pelo equilibro das ideias. A obra autoral traz em si uma divisão nítida em diversos aspectos: de um lado um disco que se apresenta solar, místico, que finca os pés nas terras ancestrais e carrega o afeto das relações do artista. Do outro lado um disco crente nas ações e relações humanas que geram forças que constroem a história, uma faceta noturna, urbana, de ruas carregadas de outdoor e luzes, grafites e coletividade.
“Dois Lados” é um disco permissivo, que dialoga com o experimentalismo e o pop, tendo como instrumento em uma das faixas um chinelo de dedo que conduz uma das músicas mais regionais do disco. Guilherme Ventura não estaciona em lugar nenhum, é um nômade da estética musical que se permite ser aquilo que pulsa em sua verve. O disco conta com várias participações como os(as) brasileiros(as) Pedro Morais, Johnny Herno, Maíra Baldaia, Nath Rodrigues, Xicas da Silva, a chilena Claudia Manzo e o congolano Yannik Delass.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Show L 70 min

Dois Lados (Teatro de Câmara)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Centro - Belo Horizonte - MG

"Guilherme Ventura apresenta seu álbum de estreia “Dois Lados”
com show no Cine Theatro Brasil Vallourec

O compositor e multi-instrumentista Guilherme Ventura lança seu primeiro disco em show no Cine Theatro Brasil Vallourec, no dia 04 de julho, às 20h, com ingressos a R$20,00

O compositor e multi-instrumentista Guilherme Ventura lança seu primeiro disco em show no próximo dia 04 de julho, às 20h, no Cine Theatro Brasil Vallourec. Tanto o show ao vivo quanto o disco “Dois Lados” são um convite a um passeio pelo lírico, pelo groove e pelo poético - características marcantes de Guilherme Ventura nesse trabalho que mescla o cuidado na poesia e na beleza harmônica com a pressão do swing.

O artista

Guilherme Ventura é um compositor e multi-instrumentista. Inicialmente se aprofundou na música como autodidata e só aos 24 anos estudou música na Fundação de Educação Artística e mais tarde na Bituca - Universidade de Música Popular, tendo como mestres o violonista Gilvan de Oliveira e o maestro Ian Guest. Em sua discografia possui o disco “Bucadim de Samba” (2007) gravado com a Banda Cirandeiros. Em 2017 lança “Dois Lados”, seu primeiro álbum.

O álbum
Intitulado “Dois Lados”, o primeiro álbum de Guilherme Ventura é a síntese da essência da busca do artista pelo equilibro das ideias. A obra autoral traz em si uma divisão nítida em diversos aspectos: de um lado um disco que se apresenta solar, místico, que finca os pés nas terras ancestrais e carrega o afeto das relações do artista. Do outro lado um disco crente nas ações e relações humanas que geram forças que constroem a história, uma faceta noturna, urbana, de ruas carregadas de outdoor e luzes, grafites e coletividade.
“Dois Lados” é um disco permissivo, que dialoga com o experimentalismo e o pop, tendo como instrumento em uma das faixas um chinelo de dedo que conduz uma das músicas mais regionais do disco. Guilherme Ventura não estaciona em lugar nenhum, é um nômade da estética musical que se permite ser aquilo que pulsa em sua verve. O disco conta com várias participações como os(as) brasileiros(as) Pedro Morais, Johnny Herno, Maíra Baldaia, Nath Rodrigues, Xicas da Silva, a chilena Claudia Manzo e o congolano Yannik Delass.