Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Show L 120 min R$ 30,00

Projeto Programa
ESTAÇÃO BH apresenta
TALES SANTOS
(Teatro de Câmara)

Endereço

Avenida Amazonas, 315
Centro - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(31) 2626-1251

Temporada

Segunda 20h30

12 de Junho de 2017

Ingressos

R$ 30,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

* A carteira de estudante obrigatoriamente deve ser apresentada no acesso ao espetáculo e no ato da compra pela bilheteria. Não são aceitos boletos e comprovantes de matricula.

Valores

R$ 30,00 inteira
R$ 15,00 meia

Estacionamento

Estacione, localizado na Rua Espírito Santos, nº 625.

Em dias de espetáculos, de segunda a domingo, o público do Cine Theatro Brasil Vallourec poderá deixar o veículo no Estacione a partir das 19h ao preço fixo de R$ 15,00. É necessária a apresentação do ingresso do espetáculo para poder usudruir do valor conveniado. O Visitante tem até 1 hora após o evento para retirar o veículo do estacionamento.

No fins de semana, o visitante poderá estacionar 1 hora antes do espetáculo e sair 1 hora depois, a utilização do estacionamento fora desse período irá gerar cobrança de acordo com a tabeça de preços da Estacione.

A entrada principal do estacionamento conveniado é a da Rua Espírito Santo. No entanto, decorrido mais de 1 hora após o término do espetáculo, o visitante terá acesso por outra entrada, a Rua da Bahia, 600.

O estacionamento somente trabalha com dinheiro.
O ticket do teatro deve ser impresso (papel ingresso ou folha simples) e entregue ao funcionário do estacionamento na retirada do veículo.

Estacionamento na Rua
Para os visitantes que desejam estacionar os veículos na ruas próximos ao Cine Theatro Brasil Vallourec, a BH Trans liberou as seguintes vias:

Canteiro Central da Avenida Amazonas, no quarteirão do cine Brasil (nos dois sentidos).
Canteiro Central da avenida Afonso Pena, em frente ao Cine Brasil (sentido rodoviária/mangabeiras)

Informações

-É expressamente proibido o consumo de alimentos no interior do teatro
-Perde-se o direito ao lugar marcado após o início da sessão.

T A L E S S A N T O S

Tales Augusto de Vieira Santos, nasceu em Vespasiano aos 28 de novembro de 1984. Desde seu nascimento sempre viveu em Belo Horizonte.
Em 1999, quando contava 14 anos de idade, após assistir um show na Serraria Souza Pinto, no dia em que Toquinho apresentava Yamandú Costa ao público, chegou em casa e disse a seu pai: “Pai, vou tocar igual ao Toquinho”. Ao que, em tom de desafio, seu pai lhe respondeu: “Quem é você?” - Pouco tempo depois o “danadinho” estava tocando maravilhosamente bem; e com um repertório refinadíssimo para um menino de sua idade.
Já em 2001, com 16 anos, teve a oportunidade de ser ouvido pelo produtor musical Cláudio (CLAMA), que entendeu ser melhor passar a responsabilidade de um veredito sobre seu dom ao grande violonista das Minas Gerais, Beto Lino. Naquele dia parece que, para quem acredita em outras vidas, acontecia um reencontro de talentos e retomada de amizade. Beto Lino imediatamente o convidou a tomar parte num show que seria levado na Sala Juvenal Dias - Palácio das Artes, com presença de Vilson Balbino, Nem Viana, Orlando Soares, Marcinho Batista, entre outras feras da música mineira. Seu pai teve um pouco de receio da grandeza do projeto. Mas, mais uma vez o “danadinho” superou as expectativas e barreiras. Foi uma apresentação espetacular, com direito a elogio pessoal, ainda no camarim, por parte do grande e renomado violonista Juarez Moreira.
Tales não tem a música como profissão, apesar de ter tentado entrar no meio. Infelizmente, foram muitas resistências encontradas. Mas isto nunca o desestimulou ou diminuiu seu prazer em aprender cada vez mais e tocar, emocionando plateias particulares. Estudou e formou-se em Ciências da Computação, exercendo esta atividade em empresa de renome em BH.
Novembro de 2016, pelas mãos de Tadeu Martins, aconteceu um reencontro mágico com os amigos Beto Lino (violão), Orlando Soares (saxofone e flauta) e Cristiano Lellis (Bathô) (percussão), quando dividiram o aconchegante palco do Cine Theatro Brasil Vallourec. A repercussão foi espetacular. Com um repertório que homenageou grandes nomes da música brasileira e internacional, este grupo conseguiu emocionar a platéia.
Não houve como evitar a possibilidade de um novo encontro, para dar oportunidade a todos aqueles que, por um motivo ou outro, não puderam participar daquele momento espetacular.
Agora, imbuídos do propósito de brindar o público com um repertório refinado, aproveitando o “Dia dos Namorados” como fundo e inspiração, no dia 12 de junho de 2017 – às 20:30 hs – Tales Santos tem um novo compromisso, juntamente com os parceiros Beto Lino (Violão), Orlando Soares (Saxofone/Flauta) e Cristiano Léllis (Bathô) (Percussão), de presentear o seu público com mais um momento de musicalidade e descontração, no mesmo espaço – Cine Theatro Brasil Vallourec, na Praça Sete – Centro – Belo Horizonte.
Minas Gerais é um celeiro de talentos em todas as artes. Vamos valorizar nossos artistas!... Contamos com a presença dos amigos e admiradores!...

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Show L 120 min

Projeto Programa ESTAÇÃO BH apresenta TALES SANTOS (Teatro de Câmara)

Cine Theatro Brasil Vallourec

Centro - Belo Horizonte - MG

T A L E S S A N T O S

Tales Augusto de Vieira Santos, nasceu em Vespasiano aos 28 de novembro de 1984. Desde seu nascimento sempre viveu em Belo Horizonte.
Em 1999, quando contava 14 anos de idade, após assistir um show na Serraria Souza Pinto, no dia em que Toquinho apresentava Yamandú Costa ao público, chegou em casa e disse a seu pai: “Pai, vou tocar igual ao Toquinho”. Ao que, em tom de desafio, seu pai lhe respondeu: “Quem é você?” - Pouco tempo depois o “danadinho” estava tocando maravilhosamente bem; e com um repertório refinadíssimo para um menino de sua idade.
Já em 2001, com 16 anos, teve a oportunidade de ser ouvido pelo produtor musical Cláudio (CLAMA), que entendeu ser melhor passar a responsabilidade de um veredito sobre seu dom ao grande violonista das Minas Gerais, Beto Lino. Naquele dia parece que, para quem acredita em outras vidas, acontecia um reencontro de talentos e retomada de amizade. Beto Lino imediatamente o convidou a tomar parte num show que seria levado na Sala Juvenal Dias - Palácio das Artes, com presença de Vilson Balbino, Nem Viana, Orlando Soares, Marcinho Batista, entre outras feras da música mineira. Seu pai teve um pouco de receio da grandeza do projeto. Mas, mais uma vez o “danadinho” superou as expectativas e barreiras. Foi uma apresentação espetacular, com direito a elogio pessoal, ainda no camarim, por parte do grande e renomado violonista Juarez Moreira.
Tales não tem a música como profissão, apesar de ter tentado entrar no meio. Infelizmente, foram muitas resistências encontradas. Mas isto nunca o desestimulou ou diminuiu seu prazer em aprender cada vez mais e tocar, emocionando plateias particulares. Estudou e formou-se em Ciências da Computação, exercendo esta atividade em empresa de renome em BH.
Novembro de 2016, pelas mãos de Tadeu Martins, aconteceu um reencontro mágico com os amigos Beto Lino (violão), Orlando Soares (saxofone e flauta) e Cristiano Lellis (Bathô) (percussão), quando dividiram o aconchegante palco do Cine Theatro Brasil Vallourec. A repercussão foi espetacular. Com um repertório que homenageou grandes nomes da música brasileira e internacional, este grupo conseguiu emocionar a platéia.
Não houve como evitar a possibilidade de um novo encontro, para dar oportunidade a todos aqueles que, por um motivo ou outro, não puderam participar daquele momento espetacular.
Agora, imbuídos do propósito de brindar o público com um repertório refinado, aproveitando o “Dia dos Namorados” como fundo e inspiração, no dia 12 de junho de 2017 – às 20:30 hs – Tales Santos tem um novo compromisso, juntamente com os parceiros Beto Lino (Violão), Orlando Soares (Saxofone/Flauta) e Cristiano Léllis (Bathô) (Percussão), de presentear o seu público com mais um momento de musicalidade e descontração, no mesmo espaço – Cine Theatro Brasil Vallourec, na Praça Sete – Centro – Belo Horizonte.
Minas Gerais é um celeiro de talentos em todas as artes. Vamos valorizar nossos artistas!... Contamos com a presença dos amigos e admiradores!...