Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Show L 60 min R$ 5,00 a R$ 10,00

Zapato Busca Sapato

Endereço

R. da Bahia, 2244
Lourdes - Belo Horizonte - MG

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(31) 2626-1015

Temporada

Domingo 16h

11 de Junho de 2017

Ingressos

R$ 5,00 a R$ 10,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.
15% para sócio do Minas Tênis Clube.
50% para clientes Bradesco.

Valores

R$ 10,00 inteira
R$ 5,00 meia

Informações

-É expressamente proibido o consumo de alimentos e bebidas no interior do Teatro.
-Quando for permitido a entrada após o início do espetáculo perde-se o direito ao lugar marcado.
-Devolução de ingresso até 96hs antes do evento.

A história começa com o despertar de um pequeno sapato que nasceu sozinho em sua caixa, na Cidade do México. Na busca por seu companheiro, ele viaja ao Brasil e logo a Moçambique, aonde encontra um menino com uma perna só que o adota. A aventura do sapato solitário conduz a uma reflexão sobre o reconhecimento de ser diferente. A obra é um convite para sensibilizar sobre o racismo e a discriminação, uma alegoria a negritude como uma raiz comum de países como México onde os indígenas andam descalços, ou no Brasil onde os escravos não podiam usar calçados, ou em Moçambique, onde muitas crianças, vítimas das minas terrestres, usam um só sapato.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Show L 60 min

Zapato Busca Sapato

Teatro Bradesco BH

Lourdes - Belo Horizonte - MG

A história começa com o despertar de um pequeno sapato que nasceu sozinho em sua caixa, na Cidade do México. Na busca por seu companheiro, ele viaja ao Brasil e logo a Moçambique, aonde encontra um menino com uma perna só que o adota. A aventura do sapato solitário conduz a uma reflexão sobre o reconhecimento de ser diferente. A obra é um convite para sensibilizar sobre o racismo e a discriminação, uma alegoria a negritude como uma raiz comum de países como México onde os indígenas andam descalços, ou no Brasil onde os escravos não podiam usar calçados, ou em Moçambique, onde muitas crianças, vítimas das minas terrestres, usam um só sapato.