Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Drama 16 70 min R$ 15,00 a R$ 30,00

A Mulher Monstro

Teatro Marco Camarotti

Santo Amaro - Recife - PE

Endereço

Rua Treze de Maio, 455
Santo Amaro - Recife - PE

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(81) 2626-2605

Temporada

Domingo 19h

15 de Janeiro de 2017

Ingressos

R$ 15,00 a R$ 30,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.
50% para Professores.

Valores

R$ 30,00 inteira
R$ 15,00 meia

Ficha Técnica

Dramaturgia, encenação, cenografia, figurino e atuação: José Neto Barbosa
Iluminação: Sérgio Gurgel Filho e José Neto Barbosa
Maquiagem: Diógenes e José Neto Barbosa
Assistência de cenografia e palco: Anderson Oliveira
Sonoplastia e desenho de som: Ágata Marcomini, Diógenes, José Neto Barbosa e Mylena Sousa

A peça trata a atualidade político-social do Brasil através da figura de uma burguesa perseguida pela própria visão intolerante da sociedade, sem saber lidar com a solidão e as relações num tempo de ódio e golpe vistos sem vergonha. Baseada no conto "Creme de Alface", de Caio Fernando Abreu, escrito na ditadura militar e ainda tão atual, a montagem traz ainda uma colagem de opiniões da internet, ruas e posturas de figuras públicas para revelar esta mulher monstro fabricada pelas grandes cidades.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Drama 16 70 min

A Mulher Monstro

Teatro Marco Camarotti

Santo Amaro - Recife - PE

A peça trata a atualidade político-social do Brasil através da figura de uma burguesa perseguida pela própria visão intolerante da sociedade, sem saber lidar com a solidão e as relações num tempo de ódio e golpe vistos sem vergonha. Baseada no conto "Creme de Alface", de Caio Fernando Abreu, escrito na ditadura militar e ainda tão atual, a montagem traz ainda uma colagem de opiniões da internet, ruas e posturas de figuras públicas para revelar esta mulher monstro fabricada pelas grandes cidades.