Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PR
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Comédia 14 70 min R$ 38,00 a R$ 86,00

E Foram Quase Felizes Para Sempre

Endereço

Av. Manoel Dias da Silva, 2177
Pituba - Salvador - BA

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(71) 2626-5039

Temporada

Sexta e Sábado 21h | Domingo 19h

12 a 14 de Maio de 2017

Ingressos

R$ 38,00 a R$ 86,00

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes (Obrigatória a apresentação da carteira de estudante para validação da meia entrada).

Regras Para Meia-Entrada

Estudantes (Com Carteira de Identificação Estudantil)
Pessoas com deficiência, inclusive seu acompanhante quando necessário.
Idosos e Terceira Idade (Cartão de Aposentado ou RG para maiores de 60 anos)
(O direito ao benefício da meia-entrada é assegurado em 40% (quarenta por cento) do total dos ingressos disponíveis para cada evento)

Valores

Sexta
R$ 76,00 inteira
R$ 38,00 meia

Sábado e Domingo
R$ 86,00 inteira
R$ 43,00 meia

Depois do sucesso de sua ultima temporada na cidade, Heloisa Périssé volta a Salvador com seu primeiro monólogo: E FORAM, QUASE, FELIZES PARA SEMPRE. Escrito e encenado pela atriz Heloisa Périssé, a peça que faz parte da 18ª Edição do projeto Catálogo Brasileiro de Teatro, retrata a noite de autógrafos da escritora Letícia Amado. Ela viajou um ano e meio, atrás dos melhores resorts, melhores praias, melhores hotéis para que as pessoas pudessem viajar com seus amores e curtir uma lua de mel inesquecível. Só que durante o período da procura, por conta de suas diversas viagens, ela se separa do marido, e no dia da sua tão esperada noite de autógrafos, onde ela finalmente está lançando seu livro, CANTINHO PRA DOIS, vê o ex marido beijando uma nova namorada. As apresentações acontecem dias 12, 13 e 14 de Maio no Teatro Jorge Amado.

E agora? Casa cheia, o livro prometendo ser um sucesso retumbante e Lele na pista de novo! Ela não vai nem poder usar o próprio livro que escreveu. Vai para os “cantinho pra dois, com quem? Mas durante a peça, ela confessa que sempre teve um relacionamento muito conturbado com Paulo Vitor. E nessa peça “desabafo”, onde ela vai contar suas desventuras, ela tem certeza que muita gente vai acabar se identificando, e que a alegria vai ser geral.

Essa não é a primeira vez que a atriz se aventura a escrever e, desta vez ela fala sobre relacionamentos, trabalho, problemas que estão presentes na vida de todas as pessoas, colocando em questão a instituição do casamento. Tudo isso, é claro, com um olhar bem humorado. Seu texto gera uma identificação imediata em todos os casais, sejam eles bem ou mal sucedidos. Nosso objetivo é promover, com humor, uma identificação direta do público, apresentando a ele diferentes pontos de vista, isto é, diferentes maneiras de enxergar o seu relacionamento e a sua vida. Essa é uma questão que, pelo menos em algum momento da vida, atinge a todos, independente de cor, raça ou classe social.

Neste projeto podemos acompanhar o amadurecimento de uma atriz, que é capaz de produzir um texto teatral, transportando para o palco histórias que podem ser de muitas mulheres e de muitos relacionamentos. Entender os nossos relacionamentos é perceber um pouco de nós mesmos, de como nós somos e como nos comportamos, sozinhos e em dupla.

Além disso, o humor, que permeia o texto, torna todos os assuntos mais prazerosos e é capaz de atingir mais pessoas de forma mais eficaz. Esta é a primeira vez que Heloisa Périssé se aventura num monólogo, e faz isso com o amadurecimento que obteve como atriz, depois de 10 anos em cartaz com a peça Cócegas.


E Foram Quase Felizes Para Sempre” se apresenta Salvador novamente através do Catálogo Brasileiro de Teatro, apresentado pelas Lojas Renner e patrocínio da Porto Seguro através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, em uma iniciativa da Fred Soares Produções, realizado há 16 edições que estimula a cultura das artes cênicas em salvador, apresentando por ano 20 espetáculos do eixo Rio e São Paulo, sendo considerando o maior projeto de circulação teatral do país.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Comédia 14 70 min

E Foram Quase Felizes Para Sempre

Teatro Jorge Amado

Pituba - Salvador - BA

Depois do sucesso de sua ultima temporada na cidade, Heloisa Périssé volta a Salvador com seu primeiro monólogo: E FORAM, QUASE, FELIZES PARA SEMPRE. Escrito e encenado pela atriz Heloisa Périssé, a peça que faz parte da 18ª Edição do projeto Catálogo Brasileiro de Teatro, retrata a noite de autógrafos da escritora Letícia Amado. Ela viajou um ano e meio, atrás dos melhores resorts, melhores praias, melhores hotéis para que as pessoas pudessem viajar com seus amores e curtir uma lua de mel inesquecível. Só que durante o período da procura, por conta de suas diversas viagens, ela se separa do marido, e no dia da sua tão esperada noite de autógrafos, onde ela finalmente está lançando seu livro, CANTINHO PRA DOIS, vê o ex marido beijando uma nova namorada. As apresentações acontecem dias 12, 13 e 14 de Maio no Teatro Jorge Amado.

E agora? Casa cheia, o livro prometendo ser um sucesso retumbante e Lele na pista de novo! Ela não vai nem poder usar o próprio livro que escreveu. Vai para os “cantinho pra dois, com quem? Mas durante a peça, ela confessa que sempre teve um relacionamento muito conturbado com Paulo Vitor. E nessa peça “desabafo”, onde ela vai contar suas desventuras, ela tem certeza que muita gente vai acabar se identificando, e que a alegria vai ser geral.

Essa não é a primeira vez que a atriz se aventura a escrever e, desta vez ela fala sobre relacionamentos, trabalho, problemas que estão presentes na vida de todas as pessoas, colocando em questão a instituição do casamento. Tudo isso, é claro, com um olhar bem humorado. Seu texto gera uma identificação imediata em todos os casais, sejam eles bem ou mal sucedidos. Nosso objetivo é promover, com humor, uma identificação direta do público, apresentando a ele diferentes pontos de vista, isto é, diferentes maneiras de enxergar o seu relacionamento e a sua vida. Essa é uma questão que, pelo menos em algum momento da vida, atinge a todos, independente de cor, raça ou classe social.

Neste projeto podemos acompanhar o amadurecimento de uma atriz, que é capaz de produzir um texto teatral, transportando para o palco histórias que podem ser de muitas mulheres e de muitos relacionamentos. Entender os nossos relacionamentos é perceber um pouco de nós mesmos, de como nós somos e como nos comportamos, sozinhos e em dupla.

Além disso, o humor, que permeia o texto, torna todos os assuntos mais prazerosos e é capaz de atingir mais pessoas de forma mais eficaz. Esta é a primeira vez que Heloisa Périssé se aventura num monólogo, e faz isso com o amadurecimento que obteve como atriz, depois de 10 anos em cartaz com a peça Cócegas.


E Foram Quase Felizes Para Sempre” se apresenta Salvador novamente através do Catálogo Brasileiro de Teatro, apresentado pelas Lojas Renner e patrocínio da Porto Seguro através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, em uma iniciativa da Fred Soares Produções, realizado há 16 edições que estimula a cultura das artes cênicas em salvador, apresentando por ano 20 espetáculos do eixo Rio e São Paulo, sendo considerando o maior projeto de circulação teatral do país.