Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Infantil L 45 min R$ 25,00 a R$ 50,00

O que Eu Sonhei?
Teatro para Bebês

Teatro UMC

Vila Leopoldina - São Paulo - SP

Endereço

Av. Imperatriz Leopoldina, 550
Vila Leopoldina - São Paulo - SP

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(11) 2122-4070

Temporada

Domingo 10h e 11h

17 a 24 de Setembro de 2017

Ingressos

R$ 25,00 a R$ 50,00

Promoção Itaucard

50% de desconto para clientes Itaucard.

Promoção pessoal e intransferível para o titular do cartão na compra de um ingresso inteiro. Válido somente para 1 apresentação do espetáculo, mediante pagamento com cartões participantes da promoção.

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

Valores

R$ 50,00 - Inteira
R$ 25,00 - Meia

A ideia principal da Cia ZIN é trazer para a cena temas ligados ao dia a dia, recontados de forma poética, tendo a pretensão de gerar uma primeira experiência estética para os bebês, além de proporcionar a interação entre crianças pequenas, pais, educadores e cuidadores.
Em cena, duas personagens interagem em um espaço cênico entre o real e o onírico. O que eu sonhei? fala sobre o universo do sono, da hora de dormir ao momento de sonhar.
As atrizes Elenira Peixoto e Fafi Prado apresentam um roteiro de movimentos e gestos cotidianos, poetizados pelo estado de devaneio e sonho.
Mães, pais e seus bebês sentam no mesmo plano de palco, pertinho da encenação, para garantir intimidade com os atores. A partir daí, as personagens interagem em um espaço situado entre a realidade e o sonho dos bebês. Executada ao vivo e com instrumentos que produzem sons suaves (calimba, metalofone), a música completa a atmosfera de delicadeza.
Mesclando teatro e dança, o espetáculo convida o público mirim a uma viagem pelo mundo dos sonhos como possibilidade de encantamento, numa tentativa de amenizar o medo da criança dormir. Assim, a linguagem verbal é substituída por uma comunicação imagética, oferecendo uma vivência dos aspectos visuais, auditivos e táteis, fundamentais nesta faixa etária.
O que eu Sonhei? substitui a linearidade da narrativa por uma poética de livre associação, própria do sonho, propondo uma apreensão que pode se dar pela percepção de fragmentos. Dialogando com a produção teatral contemporânea, a dramaturgia do teatro para bebês pode ser bem descrita pelas palavras do destacado grupo espanhol La Casa Incierta: “É teatro puro, que, como linguagem, é contemporâneo, é poético, é abstrato”.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Infantil L 45 min

O que Eu Sonhei? Teatro para Bebês

Teatro UMC

Vila Leopoldina - São Paulo - SP

A ideia principal da Cia ZIN é trazer para a cena temas ligados ao dia a dia, recontados de forma poética, tendo a pretensão de gerar uma primeira experiência estética para os bebês, além de proporcionar a interação entre crianças pequenas, pais, educadores e cuidadores.
Em cena, duas personagens interagem em um espaço cênico entre o real e o onírico. O que eu sonhei? fala sobre o universo do sono, da hora de dormir ao momento de sonhar.
As atrizes Elenira Peixoto e Fafi Prado apresentam um roteiro de movimentos e gestos cotidianos, poetizados pelo estado de devaneio e sonho.
Mães, pais e seus bebês sentam no mesmo plano de palco, pertinho da encenação, para garantir intimidade com os atores. A partir daí, as personagens interagem em um espaço situado entre a realidade e o sonho dos bebês. Executada ao vivo e com instrumentos que produzem sons suaves (calimba, metalofone), a música completa a atmosfera de delicadeza.
Mesclando teatro e dança, o espetáculo convida o público mirim a uma viagem pelo mundo dos sonhos como possibilidade de encantamento, numa tentativa de amenizar o medo da criança dormir. Assim, a linguagem verbal é substituída por uma comunicação imagética, oferecendo uma vivência dos aspectos visuais, auditivos e táteis, fundamentais nesta faixa etária.
O que eu Sonhei? substitui a linearidade da narrativa por uma poética de livre associação, própria do sonho, propondo uma apreensão que pode se dar pela percepção de fragmentos. Dialogando com a produção teatral contemporânea, a dramaturgia do teatro para bebês pode ser bem descrita pelas palavras do destacado grupo espanhol La Casa Incierta: “É teatro puro, que, como linguagem, é contemporâneo, é poético, é abstrato”.