Newsletter Compreingressos

Seja o primeiro a conhecer nossa programação de espetáculos, novidades, promoções e ofertas exclusivas

seu estado

  • AC
  • AL
  • AP
  • AM
  • BA
  • CE
  • DF
  • ES
  • GO
  • MA
  • MT
  • MS
  • MG
  • PA
  • PB
  • PR
  • PE
  • PI
  • RJ
  • RN
  • RS
  • RO
  • RR
  • SC
  • SP
  • SE
  • TO
cadastrar
Cidade
Gênero
X
Infantil L 60 min R$ 20,00 a R$ 40,00

Os Saltimbancos

Teatro Jardim Sul

Vila Andrade - São Paulo - SP

Endereço

Av. Giovanni Gronchi, 5819
Vila Andrade - São Paulo - SP

ver google maps

Compre pelo telefone de segunda a sábado das 11h às 19h

(11) 2122-4070

Temporada

Quarta 18h

25 de Janeiro de 2017

Ingressos

R$ 20,00 a R$ 40,00

Promoção Itaucard

50% de desconto para clientes Itaucard.

Promoção pessoal e intransferível para o titular do cartão na compra de um ingresso inteiro. Válido somente para 1 apresentação do espetáculo, mediante pagamento com cartões participantes da promoção.

Descontos

50% para pessoas de idade igual ou superior a 60 anos.
50% para estudantes.

Valores

R$ 40,00 inteira
R$ 20,00 meia

Ficha Técnica

Direção: Maximiliana Reis
Direção musical: Willian Sancar
Coreografias: Dimas Stecca
Produção: Iraci Batista e Marco Bueno
Elenco: Alex Moreira, Anderson Paulo, Beatriz Amado, Andressa Andreatto, Diego Domingues e Augusto Valente.

O jumento, cansado de tanto trabalhar sem recompensa alguma, decide fugir para a cidade, almejando um emprego como músico. No caminho, encontra um cachorro, na verdade mais um animal desiludido com seu antigo dono, pois sempre estava atrelado às suas ordens sem nenhum tipo de reconhecimento.
O jumento sensibilizado pela história semelhante do companheiro convida-o para segui-lo em direção à cidade. No caminho eles encontram uma galinha, que também tinha fugido de um malvado dono, rapidamente, ela se junta à dupla sonhadora.
Mais adiante, encontram uma gata que não suportava mais viver presa, porque segundo ela, os gatos já nascem livres, e passa a acompanhar o trio.
Depois de muito caminharem, chegam à Pousada do Bom Barão, onde imaginavam que iriam poder descansar mais, se enganam, porque uma placa sinalizava que a entrada de animais era proibida. Ao olharem pela janela, se espantam quando percebem no interior do local os seus patrões. A primeira reação do grupo foi fugir para o mato, mais ao contrário os bichos mudam de ideia e, juntos decidem enfrentar seus antigos donos que, para surpresa de todos, os seus patrões é que fogem.
Como diz a letra da canção: “O animal é tão bacana, mas também não é nenhum banana”.

Proposta de montagem:
O primeiro desafio para a diretora Maximiliana Reis foi selecionar entre os atores do grupo e alguns outros convidados, aqueles que pudessem encarar o exercício de cantar e dançar, além de atuar com garra e competência. A ideia de se trabalhar com cinco atores, sendo quatro para interpretar os respectivos animais: jumento, cachorro, galinha e gata e nesta montagem, com a participação de um Arlequim. Foi com o propósito de se selar a ideia do mundo itinerante dos artistas. Daí a concepção da cenografia feita com malhas coloridas, que não define nenhum ambiente específico, mas pode sugerir tudo ao mesmo tempo, desde uma floresta surrealista até um circo ou uma tenda festiva. Os atores que interpretam os animais iniciam o espetáculo com máscaras coloridas e à medida que vão entrando na história, vão se compondo com acessórios que levam a caracterização dos revolucionários e amáveis animais cantores. Cada personagem é inspirado em um estado brasileiro da seguinte forma: a “Galinha” é mineira, o “Cachorro” é carioca, o “Jumento” é nordestino e a “Gata” é paulistana.
A direção musical de Willian Sancar e as coreografias de Dimas Stecca transformaram uma produção simples, num espetáculo glamoroso como proposta de musical, capaz de encantar e emocionar todas as idades.
No espetáculo, os atores cantam ao vivo.
“Espetáculo esteve em cartaz em janeiro de 2015 no Teatro Amil em Campinas”
FICHA TÉCNICA:
Tradução e adaptação de texto e músicas de Chico Buarque de Holanda, do original de Sergio Bardotti e Luis Enríquez Bacalov, inspirado no conto “Os músicos de Bremen” dos Irmãos Grimm.

*Sinopse sob total responsabilidade da produção do evento.

Infantil L 60 min

Os Saltimbancos

Teatro Jardim Sul

Vila Andrade - São Paulo - SP

O jumento, cansado de tanto trabalhar sem recompensa alguma, decide fugir para a cidade, almejando um emprego como músico. No caminho, encontra um cachorro, na verdade mais um animal desiludido com seu antigo dono, pois sempre estava atrelado às suas ordens sem nenhum tipo de reconhecimento.
O jumento sensibilizado pela história semelhante do companheiro convida-o para segui-lo em direção à cidade. No caminho eles encontram uma galinha, que também tinha fugido de um malvado dono, rapidamente, ela se junta à dupla sonhadora.
Mais adiante, encontram uma gata que não suportava mais viver presa, porque segundo ela, os gatos já nascem livres, e passa a acompanhar o trio.
Depois de muito caminharem, chegam à Pousada do Bom Barão, onde imaginavam que iriam poder descansar mais, se enganam, porque uma placa sinalizava que a entrada de animais era proibida. Ao olharem pela janela, se espantam quando percebem no interior do local os seus patrões. A primeira reação do grupo foi fugir para o mato, mais ao contrário os bichos mudam de ideia e, juntos decidem enfrentar seus antigos donos que, para surpresa de todos, os seus patrões é que fogem.
Como diz a letra da canção: “O animal é tão bacana, mas também não é nenhum banana”.

Proposta de montagem:
O primeiro desafio para a diretora Maximiliana Reis foi selecionar entre os atores do grupo e alguns outros convidados, aqueles que pudessem encarar o exercício de cantar e dançar, além de atuar com garra e competência. A ideia de se trabalhar com cinco atores, sendo quatro para interpretar os respectivos animais: jumento, cachorro, galinha e gata e nesta montagem, com a participação de um Arlequim. Foi com o propósito de se selar a ideia do mundo itinerante dos artistas. Daí a concepção da cenografia feita com malhas coloridas, que não define nenhum ambiente específico, mas pode sugerir tudo ao mesmo tempo, desde uma floresta surrealista até um circo ou uma tenda festiva. Os atores que interpretam os animais iniciam o espetáculo com máscaras coloridas e à medida que vão entrando na história, vão se compondo com acessórios que levam a caracterização dos revolucionários e amáveis animais cantores. Cada personagem é inspirado em um estado brasileiro da seguinte forma: a “Galinha” é mineira, o “Cachorro” é carioca, o “Jumento” é nordestino e a “Gata” é paulistana.
A direção musical de Willian Sancar e as coreografias de Dimas Stecca transformaram uma produção simples, num espetáculo glamoroso como proposta de musical, capaz de encantar e emocionar todas as idades.
No espetáculo, os atores cantam ao vivo.
“Espetáculo esteve em cartaz em janeiro de 2015 no Teatro Amil em Campinas”
FICHA TÉCNICA:
Tradução e adaptação de texto e músicas de Chico Buarque de Holanda, do original de Sergio Bardotti e Luis Enríquez Bacalov, inspirado no conto “Os músicos de Bremen” dos Irmãos Grimm.